segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Um carnaval diferenciado!

O carnaval sempre promete! Muita agitação, serpentina, folia, samba no pé, desfiles, multidões e confete. A festa está aí e como sempre, vai mobilizar o Brasil durante quatro dias.

Nessa semana todos decidem para onde vão, na casa de quem ainda tem lugar, se vai de ônibus ou carona, se vai pular carnaval em algum bloco ou se vai apenas descansar.

Tem gente que adora o clima, a descontração e a “bagunça” característica desse mega-feriadão, mas há aqueles que preferem um lugar mais tranqüilo, fugindo das festas e praias lotadas, como é de costume.

Uma opção então, é se refugiar no interior, com programação tranqüila e descanso garantido.

A sugestão é: Piracicaba! Sim! Piracicaba conta com lugares atrativos para toda a família e muito lazer, que podem ser encontrados na Rua do Porto, por exemplo, com uma gastronomia fantástica e paisagens como o Rio da cidade.

 
Então, fica o convite! Aproveite esses dias e venha conferir o que Piracicaba tem de melhor! E na hora de escolher o hotel, não pense duas vezes o Center flat é a melhor opção para dias mais bem aproveitados!

Você pode ainda, desfrutar de passeios inusitados como barco e balão, degustar as delicias japonesas e também as comida típicas no restaurante anexo ao nosso hotel e conhecer um carnaval interiorano como você nunca viu!

Venha nos prestigiar, se divertir e aproveitar em grande estilo! Para mais informações e reservas, o telefone para contato é (19) 3403 6400.

Então, samba no pé e bom carnaval!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Sem dinheiro: como pagar o pedágio?

Você está viajando, abre a carteira e percebe que gastou todo o dinheiro e o pior alguns quilômetros adiante precisa pagar o pedágio. O que fazer?

Não se desespere. Fale com o responsável que está sem dinheiro, e ele, sem qualquer problema, emitirá um boleto para pagamento na rede bancária. Possivelmente você precisará se identificar, informando identidade e CPF, mas essas informações já aparecem na carteira de motorista.

 
Isso vale para qualquer posto de pedágio no país. Por que não é divulgado? É simples: muita gente se valeria disso para não pagar o pedágio e pedir o boleto, que poderia ser pago, ou não, obrigando as empresas a entrarem com cobranças judiciais.

Pelo sim, pelo não, o serviço é prestado sem alarde, somente quando se faz necessário e para quem, de fato, ficou sem dinheiro por algum motivo inesperado.

Agora você já sabe, se o dinheiro acabar, não se preocupe, há uma boa solução!

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Maria fumaça

Este é um dos poucos passeios que restam no Brasil! A Maria Fumaça!

É uma ótima opção para quem mora em Campinas e região, ou gosta de se aventurar em meios de transportes clássicos que fizeram história.



A Maria Fumaça em Campinas, é um exemplo disso. Está bem conservada, tem monitores que explicam seu funcionamento, passa por fazendas centenárias da época do café. É um passeio para as crianças, jovens, adultos e também para os mais velhos que chegaram a viver a época da Maria Fumaça e dos trens no Brasil.

Ela já foi inúmeras vezes utilizada como cenário de novelas de época das emissoras brasileiras, como Terra Nostra, Sinhá Moça, Cabocla entre outras. 

O trajeto

A Maria Fumaça sai da estação Anhumas (em Campinas) e vai em direção a cidade de Jaguariúna. Logo que sai da estação já começa a passar por várias paisagens bonitas e fazendas históricas, e, em cada vagão, um monitor (guia) vai orientando a trajetória do trem e falando sobre as fazendas e seus donos.

Depois, o passeio segue pra cidade de Jaguariúna onde há um museu no qual é possível tirar fotos com roupa de época.

Pronto! Agora é só reunir a família, viajar no tempo e se divertir!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Cuidados para viajar de moto

Viajar de moto é uma das melhores e mais prazerosas sensações, segundo a maior parte dos motoqueiros. Mesmo trazendo sentimentos como o de liberdade e aventura, não se pode esquecer também, dos riscos deste veículo. Atenção e cuidados são indispensáveis 


Passos

-Embora pareça que não, viajar de moto desgasta, tanto física como mentalmente o motoqueiro. Ao escolher um destino, analise se está preparado;

- Assim como o carro, a moto requer um cuidado com a manutenção. Faça uma checagem geral nela antes de pegar estrada;

- Combustível: pelo fato do tanque da moto, normalmente, ser relativamente pequeno, um ponto a ser pensado é se no caminho há como abastecer para não ficar parado na estrada;

-Preze pelo conforto durante a viagem. Muita bagagem, roupas quentes ou frias de mais, calçados apertados, podem prejudicar ou até mesmo ser perigoso;

- Cuidado: pilotar durante longas horas ou sozinho por estradas desconhecidas não é aconselhável;

- É comum encarar, numa mesma viagem, sol, chuva, neblina etc. Se o clima for muito adverso, e prejudicar questões de extrema importância como, por exemplo, visibilidade, o que deve ser feito é esperar, em local seguro, que essa situação melhore;
 
- Deve-se ter um cuidado especial com o "garupa". Dependendo do peso ou pouco tempo de "estrada", ele pode dificultar na hora de fazer uma manobra brusca ou uma curva;

Importante

Cuidado nunca é demais, principalmente quando se está em cima da moto. Paisagens, acompanhantes de viagem, entre outros, podem acabar desviando a atenção do motoqueiro. Curta a viagem, mas com responsabilidade.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Faça dos alimentos sua melhor bagagem

Feriados, folgas e férias são geralmente sinônimos de viagem. É fato que ao colocar os pés na estrada, o equilíbrio da alimentação pega sentido contrário, afinal realmente não é fácil achar "comidinhas" saudáveis pelo caminho.

Mas nada é impossível, então vão aí algumas dicas de alimentação:

Viagens de carro

- Se a viagem for longa e no caminho não houver muitas paradas, leve alguns alimentos não perecíveis e de fácil ingestão, como as barrinhas de cereais, biscoitos e frutas previamente lavadas e não muito maduras.

- Nas paradas durante a viagem, preocupe-se primeiramente em escolher locais limpos e que ofereçam grande variedade de alimentos. Lembre-se de higienizar as mãos. Ao escolher o que comer, prefira os alimentos leves e evite as frituras.

- Em viagens curtas, alimente-se bem antes de pegar a estrada e no momento da chegada ao destino pretendido.

- Atente para alimentar-se de três em três horas.

- Certifique-se de colocar uma garrafinha de água no carro, a hidratação é muito importante.

Viagens de ônibus

- As empresas de ônibus geralmente param em locais pré-estabelecidos. Por este motivo, no momento que a parada ocorrer, atente para a escolha dos alimentos. Evite as frituras e os alimentos "in natura", afinal eles podem não ter recebido higienização adequada.

- Se optar por um lanche preparado, como é o caso de sanduíches e mistos quentes, certifique-se da limpeza do local onde os mesmos serão montados.

- Quando possível leve alimentos prontos. Assim como nas viagens de carro, as barrinhas, caixinhas de suco e biscoitos, podem ser de grande valia.

Viagens de avião

- Neste caso a preocupação é menor, afinal os lanches geralmente são prontos, o que reduz os riscos de contaminação.

- O mais importante, independente do meio de locomoção, do destino e da companhia, é aproveitar o máximo de sua viagem. Tenha discernimento ao escolher os alimentos, afinal tanto na estrada quanto na cidade de destino, os diferentes hábitos alimentares estão presentes e comer o que não é habitual, pode ser uma má idéia.

- Relaxe e aproveite! Realize as refeições de três em três horas e com a presença de todos os grupos alimentares. Equilibre a sua refeição, minimize o estresse, o cansaço e maximize a sua felicidade.


segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Acampamento: diversão garantida!


O Verão é uma ótima pedida para quem deseja acampar. Armar a barraca e fazer um camping é uma oportunidade bem divertida de juntar a turma, ou uma romântica hospedagem a dois, para curtir a natureza e se divertir em uma área aberta. E o melhor de tudo isso é que o acampamento é uma opção que não pesa no bolso! Barato e divertido.

Primeiro você deve escolher o local  que deseja acampar. Alguns dias fora da cidade pedem uma praia  bonita a serra ou um clube de camping já estruturado.


Básico: Não esqueça as coisas básicas do camping: a barraca, o colchão, cobertores, lanternas, abridor de latas, talheres e pratos descartáveis.
  • Comida: Prefira comida enlatada ou pré-cozida, pois são de preparo fácil. Evite levar alimentos não perecíveis, pois nunca se sabe quando vão estragar.
  • Trajes de Banho: Isso irá depender em qual local você irá acampar. Se for à serra, praia ou camping, o traje de banho pode ser adequado para tomar aquele banho. Muitas vezes os banheiros são coletivos.
  • Proteção Solar: Bloqueadores e protetores são itens obrigatórios tanto no Verão, quanto no Inverno. Às vezes o sol engana e pode trazer queimaduras sérias ao seu corpo. Não deixe de levar um fator UVA e UVB de no minimo 15.
  • Repelente de Insetos: Totalmente indispensável para quem deseja acampar. Independente do lugar escolhido, você deverá sempre usar repelente, principalmente à noite.
  • Roupas: Não se deve levar muita roupa para um acampamento. Leve apenas o necessário. Nos campings tudo deve ser muito prático e a melhor maneira é não levar muita roupa, pois não há muito espaço para acomodar você e suas roupas.

Existem outras coisas que são indispensáveis como artigos de higiene pessoal (absorventes, pasta de dente, escova, papel higiênico, etc.). Isso depende de cada pessoa e do tempo que irá acampar. É sempre bom separar alguns itens na mala com antecedência para ter a certeza de que não esqueceu nada.

E para a diversão, não se esqueça de levar algum tipo de jogo, como os de tabuleiros ou de cartas, para garantir a diversão no camping.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

O 1° Encontro Cliclofaixas de Piracicaba acontece nos dias 20 e 21 de fevereiro, com apoio do Hotel Center Flat Service


Nos dias 20 e 21 de fevereiro, acontece o 1° Encontro Ciclofaixas de Piracicaba. O evento tem como objetivo conscientizar a população e as autoridades para a diversidade de locomoção e para o uso da bicicleta como meio de transporte sustentável. Entre pedaladas e seminários, os cidadãos poderão se inteirar, coletar informações, dar opiniões e sugestões sobre a necessidade da instalação de ciclovias na cidade.

Mirian Rother, organizadora do encontro, conta o que a motivou a fazer, pela primeira vez, um evento desse porte em Piracicaba. “Na verdade, eu sempre gostei de bicicletas, e esse era o meu meio de transporte. Porém, não levou muito tempo para descobrir que os motoristas não respeitam o veículo. É preciso mudar esta visão”, desabafa.

Já a gerente do Hotel Center Flat Service, Bárbara Aguiar, que hospedará os palestrantes do evento como forma de cortesia, o encontro serve para apontar outra questão: os problemas de trânsito que Piracicaba enfrenta hoje. “Sempre buscamos projetos que visem cultura e sustentabilidade. Por isso achamos a idéia ótima. Esperamos iniciar um processo sério de engajamento na cobrança de maiores e melhores condições de transporte para a nossa cidade”.

Mirian explica que Piracicaba é uma das poucas que tem Agenda 21. “O intuito é sensibilizar a população e orientá-la de que é necessário um plano de mobilidade humana sustentável e ambientalmente correta”, alerta. Para quem não sabe, a Agenda 21 é um plano de ação para ser adotado global, nacional e localmente, por organizações do sistema das Nações Unidas, governos e pela sociedade civil, em todas as áreas em que a ação humana impacta o meio ambiente. Portanto, pensar em um meio de transporte que não agrida a natureza, se encaixa perfeitamente neste quadro.

A cidade de Bogotá é hoje, referência mundial quando o assunto é transporte sustentável. “Carro não foi feito para trabalhar”. A frase é do ex-prefeito de Bogotá, Enrique Peñalosa, que provocou verdadeira revolução nos seus quatro primeiros anos de mandato, quando construiu 200 quilômetros de ciclovias.

Por isso, Mirian vai mais além: “A idéia é que o encontro se transforme num fórum permanente até que tenhamos um Plano Cicloviário e ciclofaixas na cidade, não só para lazer, mas também, para transporte. Portanto, queremos toda a população debatendo, compartilhando experiências, dando opinião e informando-se sobre o assunto”, conclui.

Porém, para a implantação de ciclovias na cidade, não basta só conscientização. O projeto precisa de apoio e estudos para ser colocado em prática. Segundo o arquiteto e professor de Planejamento Urbano da Unimep, Dirceu Rother Junior, “além de uma avaliação interdisciplinar detalhada da topografia, do sistema viário e do trânsito da cidade, é preciso do apoio também, de um forte agente promotor, que, neste caso, é o poder público. O papel dele será de extrema importância na definição deste traçado”, relata.

E para finalizar, Dirceu deixa sua mensagem: “Este encontro será o start para grandes discussões sobre as ações ambientais, tão necessárias atualmente. Uma reforma na educação do trânsito deve começar, e já”.

O evento

No domingo, dia 20, os cicloativistas pedalarão de São Paulo até chegar, por volta das 12 horas, em Piracicaba. No dia 21, acontece o I Seminário Ciclofaixas, às 14 horas, no Hotel Center Flat Service com as participações de: Dirceu Rother Junior, professor de planejamento urbano, Felipe Aragonez, secretário geral do Instituto CicloBR, Daniel Labadia, cinegrafista do Instituto CicloBR, J. P. Amaral, gestor ambiental da Associação de Ciclistas Urbanos de São Paulo, Célia Choairy de Moraes, cicloativista, Dr. Pedro Carvalho, especializado em Medicina Esportiva, além dos secretários Pedro Mello, da SELAM (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), e Paulo Coelho Prates, da SEMUTRAN (Secretaria Municipal do Transporte).

Para mais informações, acesse o site da campanha: www.gatomalhado.com.br

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Resultado da mega promoção que sorteou 13 ingressos para o show de Ivete Sangalo!

Em comemoração por ter sido escolhido para preparar todo o camarim da cantora Ivete Sangalo, no show que acontece dia 18 de fevereiro, o restaurante Espaço Gourmet e o Hotel Center Flat fizeram uma super promoção que sorteou, ao todo, 13 ingressos para o evento.

O convite VIP e o camarote, ambos com acompanhante, estavam disponíveis para os clientes que foram até o restaurante e preencheram o cupom da promoção.

Já nas redes sociais, foram sorteados 2 convites para a pista no Facebook do Espaço Gourmet, 1 no blog do restaurante (www.espacogourmetpiracicaba.blogspot.com) e 2 (com direito a acompanhante) no blog do Hotel Center Flat Service (www.centerflat.blogspot.com).

Além disso, através de parcerias, havia mais 2 convites para pista, nos blogs: Tudo Junto e Misturado - TJM (www.tjmblog.com.br) e Coisas de Natalie (www.coisasdenatalie.com).

Esta mega promoção encerrou-se no dia 16/02/2011.

Veja só quem foram os sortudos que ganharam a oportunidade de assistir ao show da diva baiana de graça:

- Josiane Figueredo de Lima (Blog TJM)

- Felipe Cruz (Blog Coisas de Natalie)

- Vitória Regina (Blog Espaço Gourmet)

- Marilova Garbo (Blos Center Flat Service)

- Fernanda Aparecida Bianchi Serrano (Blog Center Flat Service)

- Maristela Chaddad (Facebook Espaço Gourmet)

- Alexandre Lopes (Facebook Espaço Gourmet)

E se seu nome não consta nesta lista, não fique triste. É só acompanhar todas as redes sociais e blogs do Restaurante Espaço Gourmet e do Hotel Center Flat, onde são divulgados, diariamente, muitas novidades e promoções!

Agradecemos a participação de todos e até a próxima!

Rua do Porto e seu parque!

Hoje um dos principais pontos turísticos da cidade de Piracicaba, com certeza, é a Rua do Porto, onde se pode unir a história, com uma deliciosa gastronomia em um excelente ambiente às margens do Rio Piracicaba.

Essa gastronomia conta com dezenas de restaurantes, onde é possível degustar ótimos e novos sabores e uma grande variedade capaz de agradar a todos os gostos.


 A Rua do Porto tem grande influência na história e no presente de Piracicaba, além de ser uma excelente oportunidade para apreciar lindas paisagens.

Tem também o Parque da Rua do Porto, localizado ao lado da própria rua, que oferece divertimento para toda a família em uma ampla Área Verde.

É um ótimo local para a prática de atividades físicas ao ar livre, com pistas para exercícios, parques infantis, pedalinhos, tirolesa, etc. 


O Parque já foi palco de vários eventos como campeonatos de pesca, balonismo, canoagem e shows artísticos.

Venha conhecer e aproveitar o que a Rua do Porto tem de melhor.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Viajando de ônibus

Direitos na hora de comprar uma passagem de ônibus:
O primeiro direito que você tem é o de livre escolha entre as empresas de ônibus. Motoristas, funcionários e fiscais devem tratá-lo com respeito e cortesia. A sua poltrona deverá apresentar as mesmas condições especificadas no bilhete de passagem. Também é seu direito receber serviços adequados, como ser transportado com pontualidade, segurança, higiene e conforto, do início ao fim da viagem.


Crianças e idosos:
 Devem ter prioridade e serem auxiliadas, na hora do embarque e do desembarque.

Informações:
Todas as informações relativas à viagem, como: horários, tempo de duração, localidades atendidas, preço da passagem, entre outras.

Bagagens:
No bagageiro você pode transportar bagagens de até 30 quilos de peso, 300 decímetros cúbicos de volume ou um metro de dimensão máxima. É seu direito receber os comprovantes desses volumes. Volumes pequenos e de fácil acomodação podem ser levados no porta-embrulhos.

Direitos, caso a viagem seja realizada total ou parcialmente em ônibus de características inferiores às do contratado:
Receber a diferença do preço da passagem.

Direito a seguro:
Sim. Você viaja garantido pelos seguros DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) e de Responsabilidade Civil.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Maneira segura de viajar

Qual a forma mais segura de transportar crianças?
 
O bebê-conforto é o meio mais seguro de transportar bebês de até 9 kg ou 13 kg (de acordo com a marca do equipamento). Ele deve ser instalado no banco de trás do carro e de costas para o movimento, para evitar o efeito chicote, capaz de prejudicar o pescoço da criança, que ainda não é firme nesta idade.

Os pequenos de 9 a 18 kg (mais ou menos de 1 a 4 anos de idade) devem se instalar na cadeirinha própria, de frente para o movimento. Ambas só estão bem presas no carro se não se movimentarem no máximo em 2 cm. Crianças de 18 kg a 36 kg, mais ou menos de 4 a 10 anos, devem ficar no assento de elevação ou “booster” e presas com o cinto de três pontas. Mais altas, ficam protegidas no ponto correto e não correm o risco de ter os ossos fraturados em caso de acidente, já que o cinto não foi concebido para o seu tamanho. 

 
O assento de elevação ou “booster” só pode ser liberado para os maiores de 36 kg, que tenham mais de 1,45 m ou cerca de dez anos.

Há um horário mais indicado para cair na estrada?

De manhã cedo, quando o sol ainda está ameno e o carro, mais fresco. Nesse período, é mais fácil que elas peguem no sono e acordem mais perto da chegada. Um para-sol para ser fixado na janela reduz a temperatura dentro do carro, facilitando o cochilo.
 
Há uma recomendação de quilômetros diários a percorrer?

Em nome da segurança e do bem-estar geral, não viaje mais do que 500 km por dia.
 
Vale a pena fazer paradas durante a viagem?

As paradas são estratégicas e ganham ainda mais importância com crianças a bordo. Bebês conseguem dormir mais facilmente, permitindo trechos mais longos sem pausas. Em viagens mais longas, porém, a idéia de pernoitar em uma cidade vem a calhar. No dia seguinte, as crianças (e você) acordarão muito mais dispostas e prontas para uma nova esticada.

E que roupas usar?

O ideal é vestir as crianças da forma mais confortável possível, com short e camiseta de algodão no calor, e agasalho de moletom no inverno. Faça com que tirem os sapatos assim que entrarem no carro.
 
Que itens são indispensáveis para a mala de mão?

-Agasalhos e roupas mais leves (bermudas para trocar pela calça, por exemplo, se o clima mudar);

-Toalha (para cobrir um assento quente demais, tapar o sol presa à janela, servir de cobertor, ou mesmo de pano em caso de enjôo);

-Lanches (frutas, bolachas, sucos);

-Água (em garrafinhas);

-CDs com músicas e histórias infantis;

-Brinquedos macios (que não ofereçam risco de machucar as crianças em caso de freadas bruscas, e que não sejam pequenos demais para que as peças não se percam);

-Livros, gibis e jogos eletrônicos;

-Lenços de papel;

-Para o bebê, chupeta, um brinquedo sonoro e material para a troca de fralda: a própria fralda, algodão, pomada antiassadura e um tecido ou plástico para forrar a superfície na hora da troca.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Em alto-mar

Os cruzeiros estão em alta aqui no Brasil! Nos últimos anos, as viagens marítimas viraram febre entre os turistas. De aproximadamente 10 pessoas que pretendem viajar, pelo menos 7 já cogitaram a idéia de um cruzeiro. Depois da escolha feita, navio determinado e data marcada é hora de preparar as malas. Porém, é nessa fase que surgem as primeiras de muitas dúvidas...

Preciso levar terno ou vestido longo? Vou poder usar as piscinas e salas de ginástica de graça? Posso pagar em real? Se eu enjoar terá médico a bordo? Perguntas como essas fazem parte da vida dos futuros passageiros dos navios, mas podem ser solucionadas rápido com uma lidinha nesse manual para marinheiros de primeira viagem!


 Prepare a Mala

Nessas horas até os homens se preocupam, afinal, eles são marinheiros de primeira viagem também nessa tarefa. Não se preocupe, seguindo as dicas você evitará qualquer tipo de gafe.

Para o dia-a-dia a bordo, aconselham-se trajes esportivos e informais e calçados confortáveis, de salto baixo. Durante o cruzeiro são realizadas noites de gala, como o jantar oferecido pelo comandante, nas quais é recomendado o uso de paletó e gravata para os homens e vestido longo para as mulheres. Há sempre uma festa tropical e os que gostam de participar desse tipo de evento devem levar roupa adequada para essa festa.

Descendo do navio nos portos ou participando das excursões organizadas, é aconselhável usar trajes esportivos. Tanto a bordo como em terra, é prudente ter à mão um pulôver ou moletom para se proteger da diferença de temperatura entre os ambientes internos (ar-condicionado) e externos. Lembre-se de que é expressamente proibido usar traje de banho no restaurante e, para trafegar nos corredores, solicita-se o uso de saída de praia ou camiseta e sandálias.

Não esqueça

Com as malas prontas, o segundo item a organizar é a documentação. Os hóspedes têm a responsabilidade de atender às exigências legais quanto à apresentação de documentos nas viagens nacionais e internacionais, sendo indispensável à apresentação das vias originais desses documentos em bom estado.

Não tente embarcar com cópias autenticadas de documentos, pois não é permitido.

Vocabulário

Se por acaso você ouvir algo sobre popa, não faça nenhum comentário relacionado a frutas, essa seria a gafe do cruzeiro! Por isso, é bacana você ficar por dentro do vocabulário utilizado pelos tripulantes do navio e em pouco tempo adotado pelos próprios passageiros.

Decks ou pontes são os andares do navio onde estão cabines, restaurantes, salões, piscinas e áreas de recreação. Cabines externas têm escotilha, janela ou varanda com vista para o mar. Cabines internas ficam nos corredores internos, sem vista para o mar. Proa é a parte da frente do navio e a tal popa é a parte de trás. Depois dessas dicas, você já pode correr para o embarque.

Embarque

Tudo começa pelo embarque, por isso faça o possível para começar a sua viagem com o pé direito! O horário de embarque está indicado em seu bilhete de passagem, bem como a estação marítima onde você deve se apresentar. Em geral, o procedimento de embarque tem início 4 horas antes da saída do navio e término 2 horas antes da partida.

O preenchimento do voucher é obrigatório, assim como a identificação das malas com as etiquetas recebidas, informando o número de cabine e nome do hóspede.

Para quem pensa em se despedir da família ou amigos apenas no embarque, aí vai a informação: por questões operacionais e de segurança, o acesso ao navio é limitado ao pessoal em serviço e aos hóspedes a embarcar e em trânsito. É aconselhável despedir-se dos parentes e amigos em casa e seguir despreocupado para o porto.

Pagamento a bordo

Ao embarcar, o hóspede recebe um cartão magnético que será utilizado para pagamento das despesas a bordo. Na ocasião, define como serão quitadas as despesas efetuadas: em dinheiro (em dólar americano) ou com cartões de crédito com validade internacional. Não são aceitos reais, cheques ou cartões de débito automático. No Navio Pacific, o pagamento poderá ser efetuado também em reais (espécie) ou cartões de crédito nacionais.

Tenho direito a...

Além da cabine, todas as refeições diárias, entretenimento a bordo, participação em todas as atividades de animação, jogos, concursos, espetáculos musicais e artísticos, bailes e festas programadas para todas as noites e utilização de todos os equipamentos disponíveis no navio: piscina, espreguiçadeiras, sala de ginástica e musculação, jacuzzi, biblioteca, danceteria, coquetel do comandante e cofre na cabine.

Não é permitida a presença de menores de 18 anos nas dependências do cassino. Nos navios com indicação de tudo incluído, as bebidas alcoólicas e não alcoólicas indicadas na carta de bebidas são permitidas com consumo ilimitado.

Itens não inclusos

Excursões em terra (opcionais), bebidas consumidas (exceto nos navios com tudo incluso), butique, lojas, cassino, lavanderia, serviço de revelação e fotografias feitas pelo fotógrafo de bordo (opcionais), cabeleireiro, massagem, telecomunicações, spa center, consultas médicas, medicamentos e qualquer outra despesa de caráter pessoal.

Em observação às exigências sanitárias, é vedado o consumo a bordo de alimentos e bebidas (águas, refrigerantes, cervejas, bebidas alcoólicas) adquiridos fora do navio. O pessoal responsável pela segurança do navio está autorizado a recolher esses volumes e devolvê-los aos hóspedes no fim da viagem, no momento do desembarque.

Desembarque

Na noite anterior ao desembarque é preciso deixar as malas nos corredores, do lado de fora da cabine. Devido à semelhança entre malas, recomendamos lacrá-las e identificá-las com algum item pessoal, como fitas, etiquetas próprias etc., facilitando sua visualização no desembarque. Certifique-se de retirar a bagagem correta no porto.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Redes sociais para turismo

Segundo uma matéria publicada na Folha de São Paulo, as redes sociais estão, cada vez mais, aumentando adeptos para o turismo. O site colaborativo mais conhecido é o Trip Advisor, mas há outros tipos de site que ajudam a programar as próximas viagens. 

Entre eles estão redes de relacionamento para viajantes, nos quais o internauta faz um perfil, partilha informações, vê avaliações de outros viajantes e pode mesmo encontrar companhia para viagens entre os usuários a idéia vem proliferando, mas é preciso ter diversos cuidados de segurança com relacionamentos via internet. 


Além do Dopplr, do Trip It e do Bumped In, outros sites no modelo rede de relacionamentos para viajantes são o Trip Wolf e o Driftr. Mas lembre-se: é preciso tomar os mesmos ou mais cuidados com segurança exigidos por redes de relacionamento como o Facebook, afinal, não é possível saber com quem exatamente estamos trocando informações via internet.

É bom interar-se com essas redes, mas caso você realmente deseje encontrar um colega de viagem, procure alguém com amigos (na vida real) em comum e lembre-se dos cuidados, jamais dê o endereço do hotel onde você está hospedado.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Brotas resort

Para quem está cansado da rotina de praia, o trânsito da descida, da multidão nas areias, da falta de água nas cidades litorâneas, uma boa sugestão pode ser programar-se para ir ao interior paulista.

A cidade de Brotas fica a apenas 242 quilômetros de São Paulo, no coração do estado, e é conhecida como a capital do turismo de aventura. A região é ótima para quem gosta de natureza, esportes aquáticos e terrestres com muita adrenalina, mas também atrai aqueles que preferem a tranqüilidade do campo, além, é claro, de curtir o passeio com a família.


Em Brotas encontramos um resort que fica dentro de uma fazenda com 30 alqueires e um parque aquático com cinco piscinas, sendo 3 climatizadas, 3 toboáguas, futebol de sabão, piscina natural com 2 tirolesas, campo de paintball, quadras de tênis, ginásio poli-esportivo, muro de escalada, touro mecânico, cama elástica, 3 campos de futebol, 3 quadras de esportes (vôlei, futsal, entre outros), 2 playgrounds, mini zoológico com várias espécies, discoteca profissional, além de outras atividades, opcionais como passeios a cavalos, trole, arvorismo, rafting, floating, cascading, bóia-cross, entre outras.

Para passar o fim de semana com a família ou com amigos, com muita aventura e atividades e ao mesmo tempo descanso, esse é o endereço certo!

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Tornando-se um ecoturista

No post de ontem, abordamos um turismo diferente, aquele que sai das grandes cidades e se refugia na natureza. Aproveitando esse embalo, vamos falar hoje sobre quem é o Ecoturista.

Para o turista ecológico tudo é válido, desde vulcões, borboletas, baleias, pássaros, o mar, animais silvestres, insetos ou um simples, arco-íris. O turista precisa de orientação e educação para ajudar a causar o menor impacto no lugar de visitação. 


Viajar para ambientes ricos em paisagens e bens culturais com o objetivo de apreciar as belezas e os atrativos é um dos componentes que fazem do viajante um ecoturista. Este personagem está disposto a pagar boas quantias para ter o prazer de manter contato com a natureza.

Em Fernando de Noronha, por exemplo, a taxa de conservação cobrada dos turistas é de quase R$ 22 por dia passado no arquipélago. Este turista pode estar habituado a percorrer trilhas difíceis e procurar emoções na escalada de montanhas, mas pode também ser mais contemplativo, preferindo o isolamento ou a observação de espécies animais.

No Brasil, o que mais impressiona o ecoturista é a beleza do Pantanal matogrossense e o fato de algumas famílias estarem abrindo suas fazendas, transformando-as em locais de pousada, sem abrir mão de suas atividades tradicionais, como a agricultura.

A cidade de Brotas, no interior paulista, se encontra em pleno desenvolvimento em relação às atividades ecoturísticas, possuindo alguns projetos muito interessantes. Buscam incessantemente a excelência em seus produtos ecoturísticos, visando a sustentabilidade, investem no aprimoramento dos seus serviços para fortalecer seu potencial, principalmente no que diz respeito aos esportes radicais.

Na avaliação de estratégias para empreender neste segmento, considera-se o público-alvo no ecoturismo dividido em dois grandes grupos potenciais: os nacionais e os internacionais. Até bem pouco tempo era o turista internacional o alvo preferido dos empreendedores brasileiros. As atuais condições do mercado, no entanto, apontaram em direção a dar preferência ao turista nacional.

O turista estrangeiro exige bons serviços, segurança, comodidade e planejamento, condições que no Brasil ainda estão começando a ser desenvolvidas. Antes de querer alcançar o público internacional, é melhor testar bastante os produtos nacionais.

Se você sente-se atraído por esse turismo, faça parte e seja um ecoturista!

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Turismo ecológico

A preocupação com a qualidade de vida tem levado cada vez mais pessoas a procurarem um contato maior com a natureza. Por isso, o panorama atual do turismo nacional vem sofrendo uma mudança gradativa. Muitos turistas estão deixando de escolher apenas roteiros que incluem praia e serra para se aventurarem também em destinos com perfil que une natureza e esporte.

Não há uma competição entre essas diferentes áreas do turismo, uma coisa não substitui a outra, apenas oferece novas possibilidades de turismo seguro aos adeptos da aventura. É uma opção a mais para praticar com toda a família, agregando passeio, adrenalina e atividade física. Por causa do crescimento na procura por esse estilo, o setor de esporte de aventura está seguindo a profissionalização.
O Brasil com sua rica natureza e diversidade tem atraído não só turistas nacionais, mas também os estrangeiros. Além disso, o turismo de aventura tem a vantagem de ser atraente o ano todo, pois o clima brasileiro é ameno e o inverno não é rigoroso. Existem esportes de natureza para todos os climas. Arvorismo para o inverno, rafting para o verão e treking para qualquer tempo.
 
No estado de São Paulo, a cidade de Brotas é considerada um dos mais importantes destinos de Turismo de Aventura do país. Isso acontece, por que Brotas foi uma das pioneiras nesta área, por causa das belezas naturais da região e a enorme possibilidade para atividades voltadas a aventura.
Aliar natureza e aventura é uma fórmula mágica que reduz até o nível de stress. É uma válvula de escape para pessoas que vivem principalmente nas cidades. É um lazer sadio para todas as idades. Há também atividades para crianças e jovens, como corrida de aventura, vôos ancorados de balão, que proporcionam vivencias ainda não experimentadas por eles. 

Essa oportunidade de estar próximo a natureza realizando atividades de aventura transformam essas pessoas em indivíduos melhores, que aprendem a respeitar a natureza e com certeza transmitirão esses valores aos familiares e filhos.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Mochileiros


Viajar pelo mundo sem destino certo, sem saber direito onde vai ficar, por quanto tempo, quem vai conhecer que lugares vai visitar, tudo decidido na hora e por conta própria. Já pensou em fazer isso? Acredito que a maioria de nós já se imaginou em uma aventura assim. Mas muitas pessoas juntam coragem para realizar essa vontade, pegam sua mochila e sai mundo a fora.

Geralmente, um mochileiro é um jovem com espírito curioso, inquieto e aventureiro, que quer conhecer o mundo, mas sem gastar muito dinheiro. Por isso, os destinos dos mochileiros costumam ser bem alternativos, países menos conhecidos ou menos turísticos. Ou então, países badalados da Europa, por exemplo, mas economizando na moradia e no transporte.

 
Quem faz mochilão sabe que faz parte da viagem dormir em albergues, conhecer pessoas novas e já ir dividir um quartinho, pegar carona, almoçar em qualquer buraco, andar muito de ônibus, etc. Tudo isso, até para alguns que possuem condições financeiras de bancar uma viagem mais confortável, é a graça de ser um mochileiro.

Para ser um mochileiro é preciso ter vontade de se aventurar, não ter medo de se virar sozinho, sem ajuda de ninguém, gostar de  fazer amizades e não ter frescura para dormir, tomar banho ou comer. É preciso também não ser muito desconfiado, apesar de que é sempre bom lembrar que é perigoso sair pelo mundo pedindo carona para qualquer um e se enfiando na casa de desconhecidos. Mas um pouco disso faz parte da aventura e por isso em algumas situações é preciso confiar nos seus colegas de mochilão.

Conhecer países diferentes é aprender mais sobre novas culturas, adquirir conhecimento, ampliar a noção de mundo que temos. Viver a experiência de morar fora faz qualquer um amadurecer suas idéias, rever seus valores, reavaliar seu modo de vida. Existem várias formas de organizar seu mochilão. 

A regra é não ter muitas regras. Você pode ir para qualquer lugar, ficar quanto tempo quiser, com quantas pessoas preferir. Lembrando, claro, que um planejamento mínimo é necessário, pois algumas burocracias como visto e passaporte. Fora isso, a beleza do mochilão está em deixar as coisas rolarem. Ir viajando de cidade em cidade e aos poucos descobrir no que a aventura vai dar.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Sorteio de 2 convites com acompanhante para o show da Ivete Sangalo!!!

Atenção fãs de carteirinha da cantora Ivete Sangalo!

Como é o restaurante Espaço Gourmet que irá preparar todas as delícias do camarim deste mega show, dia 18/02, nós do Center Flat iniciamos, hoje, um sorteio pra lá de imperdível!

Que tal assistir Ivete de perto, curtir o evento e ainda por cima, na faixa?!


Por isso, serão sorteados 2 ingressos para a pista, sendo que cada vencedor tem direito a levar um acompanhante! não tem como não concorrer!

E para participar é só seguir as instruções abaixo:

1) Seja seguidor do blog

2) Preencha este formulário

3) E, para finalizar, faça um comentário abaixo deste post com a seguintes palavras: CENTER FLAT - SHOW DA IVETE - ESPAÇO GOURMET!!!

Pronto! Simples, não é?

Para aumentar suas chances, participe dos sorteios que estão rolando no blog e no facebook do Espaço Gourmet, também!

Esta promoção vai até dia 16/02/2011! E no dia 17, divulgamos quem são os sortudos que assistirão a este super show!

Então inscreva-se e boa sorte!!!!

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Esportes e Ecoturismo em Campos do Jordão

As montanhas que cercam Campos de Jordão guardam dezenas de obstáculos para a prática de esportes radicais. Mas há também trilhas fáceis que levam a cachoeiras, cascatas e recantos exclusivos para curtir o arvorismo ao lado da família ou dos amigos. 


Mountain-bike :

Trilhas de níveis diversos atraem adeptos do esporte e fazem da região cenário constante de competições. Entre as preferidas estão Três Matas (de nível médio, fica a 1.750 metros de altitude e é acessível pela estrada que leva ao Morro do Elefante); e Casa Redonda (bastante fácil, fica no Alto Capivari, terminando na Represa do Fojo). Também no Horto Florestal há uma infinidade de roteiros.

Trekking e alpinismo 

O trekking clássico de Campos o Jordão é o que leva à Pedra do Baú. Para chegar ao topo da formação rochosa, a quase dois mil metros de altitude, é preciso caminhar durante uma hora e meia e enfrentar uma escadaria formada por mais de 200 ganchos. Também no Horto Florestal há bons desafios. Entre eles, as trilhas que levam às cachoeiras da Celestina e da Pedreira. A primeira exige caminhada de cinco horas em bosques de araucárias; e a segunda, três horas mata adentro, além de escalada em uma pedreira de 15 metros de altura.

Arvorismo 

A prática é realizada no Pesqueiro Pesca na Montanha (estrada para São Bento do Sapucaí) e no Rancho Santo Antônio (estrada do Horto) os destaques são os circuitos em meio às araucárias.

Caminhada 

O Horto Florestal, que ocupa uma área de oito mil hectares, abriga as cachoeiras de Garalhada, Quatro Pontes, Sapucaí, Campos e Canhambora, acessíveis em duas horas de caminhada leve.

É só ter muita disposição para encarar tanta aventura!

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Cuidados com a bagagem

Nada mais chato do que ter problemas com bagagem após um longo (ou mesmo curto) vôo. Extravio temporário ou permanente, violação, roubo...quem passou por qualquer uma dessas situações sabe quanto aborrecimento pode causar. Para remediar toda essa dor de cabeça, Veja quais os cuidados devem ser tomados:

O básico
Seja extravio temporário, permanente, violação ou roubo, em todas as situações, procure o balcão da companhia aérea para fazer uma reclamação. O relatório que será preenchido é chamado pela maioria das empresas de RIB (Relatório de Irregularidade de Bagagem). Vale também fazer uma reclamação na ANAC (Agência Nacional de Ação Civil) e na Delegacia do Aeroporto.

Bagagem violada
Dirija-se ao balcão e só lá mexa em sua bagagem. O objetivo é evitar que a companhia aérea alegue que teve os bens retirados da bagagem pelo próprio passageiro.

Redução de peso ou volume da bagagem
Mesmo que não haja violação aparente, vá até o balcão da empresa para verificar se a bagagem contém o mesmo peso de quando foi despachada. Só depois disso, abra para verificar a subtração dos bens.

Perda temporária
Também é conhecida como extravio temporário. Preencha o RIB, você poderá usá-lo para requerer indenização por danos morais. Guarde todas as notas fiscais de produtos adquiridos para suprir a sua necessidade pessoal durante a viagem. Esses comprovantes são a prova para entrar com uma ação indenizatória contra a empresa.




Extravio
Preencha também o RIB e terá os mesmos direitos de quem perdeu temporariamente a bagagem.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Seja sustentável também nas viagens

Na época de férias, principalmente, as praias, parques ou campings lotam e, como conseqüência disso, a produção de resíduos aumenta. Por isso, algumas dicas e lembretes importantes são fundamentais e ajudam a diminuir o impacto sobre natureza:

Cuidados com o meio ambiente:

Leve sempre uma sacola para guardar restos de alimentos ou embalagens que você consumir. Guarde até encontrar um local apropriado para o descarte.

Uma boa opção é sempre manter garrafa reutilizável de água em mãos. Você economiza e também colabora com o meio ambiente. Além disso, pode enchê-la em fontes públicas ou em hotéis e restaurantes.

Se você se hospedar em hotéis ou pousadas, mantenha a consciência ecológica de casa. O impacto ambiental é o mesmo, ou seja, economize energia e água. Lembre-se também de apagar as luzes ao sair do quarto, utilizar o ar condicionado somente quando necessário e não ficar muito tempo no chuveiro.

Durante a hospedagem vale lembrar que as toalhas de banho e a roupa de cama podem ser reutilizadas, não havendo necessidade de trocas diárias.




Assim o meio ambiente agradece!