terça-feira, 30 de novembro de 2010

Center Flat recebe ex-BBBs e taekwondista

No último final de semana, quem passou pelo Hotel Center Flat em Piracicaba, foram as ex-BBBs Fani Pacheco, que participou da 7ª edição do programa e Natália Casassola, que participou da . Ambas estão na capa deste mês da Revista Playboy e vieram para a cidade para divulgar o lançamento desta edição.

Além das beldades, outra presença importante que circula por aqui é a lutadora de taekwondo Natália Falavigna, que conquistou bronze no Torneio Internacional da Espanha, em 2008. Ela se hospedou nesta segunda-feira dia 29/11 e fica até sábado, dia 04/11.

A equipe Center Flat, agradece a presença de todas e deseja uma ótima estadia e boas lembranças da cidade.






Fani Pacheco e Natália Casassola
A taekwondista Natália Falavigna prestigiando nossa equipe

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Conheça seus direitos antes de comprar pacotes turísticos!


As viagens de férias são aguardadas com tanta expectativa, que é frustrante quando algo dá errado, mesmo que se trate de um detalhe.
Por isso vale a pena ficar de olho nos seus direitos ao comprar um pacote ou uma passagem aérea. Conheça alguns cuidados especiais que devem ser tomados:
  • Confira se a operadora ou agência tem cadastro na Embratur ou é membro da Abav;
  • Converse com amigos e parentes que já tenham utilizado os serviço da agência, da operadora ou do hotel;
  • Compare os preços entre as agências não só para descartar aqueles produtos muito caros, mas também para desconfiar daqueles muito baratos;
  • Leia todas as letras miúdas do contrato antes de assiná-lo para depois não ter surpresas desagradáveis;
  • Seja pontual, pois não vai ser reembolsado se perder o vôo ou o navio por causa de atrasos.
Pacotes turísticos
Se a própria operadora cancela o pacote, por exemplo, porque o grupo não atingiu o número mínimo necessário, ela tem obrigação de devolver o valor já pago ao passageiro ou então lhe oferecer um crédito para uma viagem futura.

Dificilmente você terá todo o seu dinheiro de volta se desistir do pacote. Em geral o próprio contrato já prevê a quantia e/ou porcentagem já paga que deve ser retida pela operadora de turismo para cobrir custos operacionais ou mesmo pagamentos já realizados aos prestadores dos serviços. Quanto mais perto da partida for a sua desistência, menor será o seu reembolso.

A agência de turismo tem obrigação de alertá-lo de todos os documentos necessários para a realização de sua viagem, como visto de entrada ao país e certificado internacional de vacinação contra febre amarela. E inclusive precisa informar sobre o processo de obtenção dos documentos. Porém não é obrigada a correr atrás deles - apenas quando contratada para isso. De todo modo, é sempre prudente assinar o contrato apenas depois que tiver na mão o visto (que corre o risco de ser negado).
Cruzeiros
Os preços incluem acomodação na cabine, entretenimento de bordo (cassino, shows, gincanas e uso da piscina) e pensão completa. As bebidas em geral são pagas à parte, exceto nas companhias marítimas que funcionam no sistema all-inclusive. Porém não estão embutidos no preço tarifas portuárias nem transporte até o porto.

Não existe limite de peso ou peças de bagagem nas companhias de navegação. Mas as cabines dos navios em geral não são tão grandes como um quarto de hotel, por isso não abuse no tamanho e quantidade de malas que podem ocupar muito espaço. E, se você precisar pegar um avião até o porto de embarque lembre-se que as companhias aéreas têm, sim, os tais limites.

Mas, o que acontece se o navio não parar em todos os portos programados? Nada. O capitão tem o direito de alterar a rota pré-estabelecida se perceber que determinadas condições climáticas, como tempestades e furacões, podem comprometer a segurança dos passageiros. Nesse caso, a companhia marítima não é obrigada a indenizá-los.
Gorjetas
Elas não são obrigatórias. Você só deve agraciar o guia ou o garçom do restaurante, por exemplo, se estiver satisfeito com o seu serviço.
Agora sim. Com todas as devidas precauções tomadas, suas férias serão, com certeza, sinônimo de diversão e descanso.
Afinal, a última coisa que queremos quando estamos viajando a lazer é ter preocupações desnecessárias!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Livre-se do sofrimento!

Consigo lembrar como se fosse ontem os apuros que já passei por carregar malas pesadas em minhas viagens. Uma vez, depois de uma temporada de três meses trabalhando em uma estação de ski numa cidadezinha americana, resolvi passar uma semana em Nova York. Acho que eu tinha me esquecido que teria que me locomover de uma cidade para a outra quando saí do Brasil com duas malas que pesavam cerca de 30 kilos cada.

Porque me permiti tamanho sofrimento? Carregá-las pelos corredores do aeroporto e fazer com que elas coubessem dentro do taxi junto com as bagagens de uma amiga não foi tarefa fácil! E o pior de tudo: acho que mais de 60% das roupas que levei, não usei!

Eu sei que isto não acontece só comigo, confesso que é uma situação que se encaixa mais frequentemente com as viajantes do sexo feminino. Não sei exatamente porque...gostamos de garantir um casaco a mais, caso faça muito frio, um sapato de cada cor para combinar com determinada peça, sem falar nos nossos itens de beleza, tão necessários! Cremes, perfumes (talvez dois ou três caso a gente enjoe...) são vitais nas nossas viagens!

Mas brincadeiras a parte - aprender a "economizar" na hora de fazer as malas pode ser muito bom! Você vai se sentir mais leve (ou pelo menos, não ficar com dores horríveis nas costas antes mesmo de chegar no seu destino tão esperado!)

Por isso, hoje resolvi listar algumas dicas para ajudar neste "pequeno-grande" problema (considere-as para uma viagem de 7 ou 10 dias) :
  • Calças, saias e bermudas podem ser usadas mais de uma vez. Duas calças, duas bermudas e uma saia de cores básicas são o suficiente
  • Para lugares mais frios, apenas um casaco grosso.
  • Esqueça os trajes de festa se não tiver nenhum compromisso agendado (é muito improvável que você receba um convite inesperado no meio da viagem para um baile de gala...)
  • Não invente moda. Coloque na mala roupas que você já sabe que lhe caiem bem.
  • Prefira os sapatos básicos (nada de levar aquele sapato laranja que só combina com um determinado vestido. Neste caso, elimine os dois!)
  • Resista às tentações de levar todos os óculos, relógios, brincos, colares. Escolha apenas alguns (poucos, por favor!)
  • No nécessaire, leve apenas um perfume e prefira as embalagens de miniatura de xampu e condionador. Se você não vive sem uma bela escova nos cabelos, verifique se há secador onde você vai se hospedar - não leve mais um peso à toa! 

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Tudo em família!

Nesta quinta-feira, dia de dica de turismo aqui em nosso blog, resolvemos postar uma dica diferente.

Ao invés de falar de um destino ou ponto turístico, iremos falar das precauções que se deve ter antes de embarcar e por o pé na estrada. Por que? Você já vai entender!

O fim de ano está chegando, período em que muitos saem de recesso, mas o principal, é a época das férias escolares. Então, nada mais justo que estejam incluídos nos planos de turismo, os nossos queridos e tão amados baixinhos. E aí começam as preocupações!

Dá para fazer uma viagem tranquila e gratificante com crianças? O que se deve e não fazer para que ocorra tudo bem e que o passeio seja sinônimo de diversão?

Você verá como é fácil eliminar os medos e traumas da mala e só levar o que realmente interessa: entretenimento e bons momentos em família!

Viagem X Crianças

Que viajar é uma delícia, ah, isso é mesmo! Mas e quando nela incluem-se as crianças? Será que ela continuará tão atraente assim?

Bom, se você tomar algumas providências antes, pode ter certeza que a viagem será sim muito gratificante. Especialmente porque reunirá toda a família.

A primeira dica é justamente não deixar de viajar por causa das crianças. Nada de passar as férias trancados em casa porque você tem medo de viajar com as crianças.

Segunda dica é escolher um roteiro que agrade a você e as crianças; nada de atividades só para os pequenos ou atividades só para você. A dose correta é ter opções para todos ou locais que tenham atividades que vocês possam fazer em conjunto.

Também tome cuidado para não viajar carregado de coisas, crianças e malas pesadas. Peça para as crianças escolherem só um brinquedo e não leve roupas demais. Não é porque você vai viajar com as crianças que precisa levar a casa inteira.

Outra dica é a escolha do hotel. Que seja próximo de hospital, farmácia e supermercado. Certifique-se se o hotel é adequado para receber crianças e se tem opções de lazer e acomodações confortáveis para os pequenos. Não se esqueça que o hotel pode ser uma ótima opção de lazer quando as crianças se cansarem dos passeios.

Converse com as crianças sobre a viagem e deixe com que elas a ajudem a escolher o destino, hotel, passeios e etc. Isso fará com que elas participem e se sintam parte da viagem.

Lembre-se de levar todos os documentos das crianças, veja inclusive a data do passaporte, já que o das crianças vence mais rápido que o seu. E viajando em família, é aconselhável que se faça um seguro viagem em caso de algum contratempo.

Precauções tomadas, agora é só arrumar as malas e partir para a viagem de férias.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Sorteio de uma super cesta de Natal!

O Natal está chegando... Por isso, o Center Flat Service, resolveu  presentear os leitores do blog com uma cesta de Natal recheada de coisas gostosas da Casa Pavanelli!

A cesta contém os seguintes itens:

  • Frisante Mistiko 750 ml - Patagônia
  • Vinho Camino del Sur 750 ml - Chile
  • Torrone Montevérgine 90g
  • Bombom sonata Montevérgine 100g
  • Pacote de uva passa coberta com chocolate
  • Vidro antepasto Pavanelli 170g
  • Vidro geléia La Rioja 200g
  • Panetone Dulcypas 500g - Argentina

Esta imagem é apenas ilustrativa. Como detalhado acima, a cesta que será enviada terá,
além desses produtos, o frisante Mistiko, o pacote de uva passas e um vidro de antepasto.
 Para participar é preciso seguir as regrinhas abaixo:

1. Ser seguidor (a) do blog do Center Flat - (Basta clicar em SEGUIR no canto direito da página, preencher seu nome e e-mail);

2. Assinar a nossa newsletter (Digite seu e-mail em RECEBA AS NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL, no canto direito do blog);

3. Preencher um breve formulário clicando AQUI.

O sorteio começa hoje, 24/11/2010 e vai até o dia 19/12/2010. Fique atento com as regrinhas, apenas serão considerados os participantes que estiverem com tudo certo...

Vamos entrar em contato com o vencedor (a) por e-mail e divulgaremos no dia 20/12/2010 aqui no blog.

Boa sorte!!!


terça-feira, 23 de novembro de 2010

“Tá nervoso? Vai pescar...”

Existe um tipo de turismo perfeito para quem quer sair da rotina e esquecer da vida conturbada nos centros urbanos, além de permitir um contato maior com a natureza. Estamos falando do turismo rural...
Então, coloque a botina e suba no cavalo porque você irá conhecer a trilha deste belo cenário.
Os atrativos e produtos existentes no campo podem ser uma opção para os turistas e uma oportunidade para os que nele vivem. A diversidade geográfica do país possibilita uma aventura pelos campos em qualquer Estado, por isso, a dica não terá parada em um lugar específico e sim no turismo certo para quem busca tranquilidade e diversão em um mesmo lugar.
A diversidade do turismo rural não está somente no cenário, mas no artesanato, nas bebidas e alimentos, nas atividades e tradições religiosas. As pessoas que vivem na zona rural de uma cidade se alimentam de coisas naturais que a terra fornece, muita verdura, legumes, frutas, muitas vezes, degustadas “no pé” das árvores.

Opções de atividades de ecoturismo são também indicadas para quem gosta de muita aventura a céu aberto. Sabe aquela “caminhadinha” que você promete há anos e nunca consegue encaixar na rotina? Num passeio como esse, a caminhada é a mais indicada para estabelecer essa sintonia entre homem e natureza, disponibilizada em locais verdes.


Existem algumas modalidades do turismo rural que foram desenvolvidas e apoiadas por diversos incentivos financeiros. Se você for fazer esse tipo de turismo, irá encontrar os seguintes serviços:
Turismo de Habitação
O serviço de hospedagem de natureza familiar, prestado a turistas em casas antigas particulares que, pelo valor arquitetônico, histórico ou artístico, se tornaram representativas de uma determinada época, como os solares e as casas apalaçadas.
Turismo Rural
O serviço de hospedagem prestado a turistas em casas rústicas particulares, utilizadas simultaneamente como habitação do proprietário, possuidor ou legítimo detentor e que, pela sua traça, materiais construtivos e demais características, se integram na arquitetura típica regional.
Agro – turismo
O serviço de hospedagem prestado a turistas em casas particulares integradas em explorações agrícolas, que permitam aos hóspedes o acompanhamento e conhecimento da atividade agrícola ou a participação nos trabalhos aí desenvolvidos, de acordo com as regras estabelecidas pelo responsável das casas e empreendimentos.
Turismo de aldeia
O serviço de hospedagem prestado num empreendimento composto por um conjunto de, no mínimo, cinco casas particulares situadas numa aldeia e exploradas de forma integrada, quer sejam ou não utilizadas como habitação própria dos seus proprietários, legítimos possuidores ou detentores. Estas casas devem, pela sua traça, materiais de construção e demais características, integrar-se na arquitetura típica local. Deve ser explorado por uma única entidade, em aldeias históricas, em centros rurais ou em aldeias que mantenham, no seu conjunto, o ambiente urbano, estético e paisagístico tradicional da região.
Casas de campo
As casas particulares e as casas de abrigo situadas em zonas rurais que prestem um serviço de hospedagem, quer sejam ou não utilizadas como habitação própria. Estas casas devem, pela sua traça, materiais de construção e demais características, integrar-se na arquitetura e ambiente rústico próprio da zona e local onde se situam.
Com tantas dicas, não faltarão opções para quem busca lazer , diversidade e tranquilidade. Boa viagem!
Informações adaptadas do Portal do Agro-negócio.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Flat ou hotel?


O Center Flat Service possui 70 unidades, das quais 14 são no estilo hotel e 56 no tipo flat. Mas afinal, qual a diferença entre o conceito de hotel e flat?


A maioria dos hotéis e flats oferecem café da manhã, o que pode ser opcional. Nos hotéis, as estadias são mais breves e o hóspede paga pelas diárias. Geralmente, ambos os serviços contam com  recepção e portaria 24 horas, garagem com controle e manobrista, TV a cabo, telefone local, despertador, recados, lavagem e troca de roupa de cama e banho e disponibizam computadores e rede de acesso a Internet.


Uma das maiores diferenças é que os flats são apartamentos que ser  utilizados por períodos de tempo maiores, são uma espécie de moradia com as mesmas comodidades de um hotel,  e por isso são muito procurados por empresários que precisam ficar algum tempo em determinado local para realizar negócios com outras empresas.



Eles começaram a surgir no Brasil nos últimos anos da década de 70 e foram construídos para utilização de moradores permanentes ou para o aluguel temporário. Hoje, diferentemente dos quartos de hotel, os flats dão a sensação de um ambiente mais parecido com uma casa. Isto é notável aqui no Center Flat, onde os apartamentos neste estilo possuem cozinha equipada, com mini refrigerador, forno microondas e cofre, além de sala, e dormitório com espaço funcional.





Resumidamente, é uma moradia confortável e segura para pessoas que não dispõem de tempo para a rotina de uma casa.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Beleza não tem tamanho e nem idade!

Entra e sai de lojas! Entra e sai de lojas! Sai e entra!

Que dificuldade encontrar alguma roupa para comprar que não seja tamanho 36 e 38!

Até parece que o padrão da brasileira é magrela. Brasileira é mulata, tem pernão, é grande... é linda! Somos assim com muito orgulho e somos brasileiras!

Mas parece que as coleções das lojas pensam que estão em outros países já que não conseguem atender a estrutura de uma BELA BRASILEIRA.

Quando finalmente entro em uma loja que me apresenta modelos maiores, as vendedoras orientam: "Use cores escuras, querida! Você é mais cheinha... precisa disfarçar." Mas quem disse que queremos disfarçar, não é mesmo?

Quero ser vista, ser amada e ser admirada! Por isso, hoje venho falar sobre a campanha Felicidade não tem tamanho, lançada na página do Facebook de nossa querida gerente, Bárbara Aguiar. Segundo ela, há mulheres lindíssimas que estão acima do peso considerado "ideal". "A beleza da mulher não está nos dígitos da balança nem também em sua idade, conheço muita mulher linda que não se encaixa nos padrões estabelicidos pela sociedade como corretos", afirma.

Eu concordo plenamente com essas palavras! Você pode ter acesso a campanha que foi iniciada pelo Facebook através deste link e ver  mais fotos e comentários clicando aqui






quinta-feira, 18 de novembro de 2010

A história bem de perto


Um encantador castelo de tijolos! Esta é a sensação que se tem quando se entra no Engenho de Piracicaba.

Não bastasse isso, fica a beira do rio, carrega uma vista linda, um som de dar inveja e as paredes exalam cheiro de passado. Um lugar onde é possível sentir e imaginar cada passo, cada momento, cada destino, cada verso que cruzou alí e que, como os tijolos encaixados uns aos outros, foram construindo sua história.

A dica de hoje convida você a vivenciar tudo isso.

Ao atravessar a ponte sentirá como se estivesse dentro dos livros, uma verdadeira herança. Algo a ser adimirado, obeservado, cultivado, preservado e acima de tudo, valorizado.

Estão todos convidados a mergulhar nessas paredes e conhecer um pouco mais dessa encantadora construção.
O castelo de tijolos

Herança cultural dos engenhos é roteiro em todo o país, e em Piracicaba não poderia ser diferente. Um passeio cultural pela cidade pode ser realizado em qualquer época no mesmo lugar onde acontecem vários eventos durante o ano todo: o Engenho Central de Piracicaba.



Localizado às margens do Rio Piracicaba, ele é palco de eventos como o Salão Internacional de Humor que está na 37º edição, festival de humor gráfico com mostra oficial de trabalhos em cartum, charge, caricatura e tiras, a famosa Festa das Nações na 28ª realização, noite de gala com opções de gastronomia e danças típicas dos países, o SIMTEC (Simpósio Internacional e Mostra de tecnologia e Energia) e a Paixão de Cristo assistido por mais de 50.000 mil pessoas todos os anos.


O Engenho de Cana de Açúcar fica muito próximo à Rua do Porto e do parque das Águas os quais já sugerimos aqui no menu “Dicas Turismo”. O local é semi-preservado e tem um charme todo próprio. As exposições ficam nos galpões de tijolinhos coloniais e a vista é encantadora.


O antigo Engenho de Açúcar se transformou em um complexo de eventos culturais após ser tombado pelo patrimônio histórico. Esse centro turístico da cidade é muito freqüentado nos fins de semana por que há expositores permanentes.

Com sua beleza única e atraente, é possível viver e sentir sua história. De longe vemos o tamanho monumental do ambiente. Uma construção que, antigamente, era um centro de maquinários pesados, com as paredes feitas de tijolos de barro à vista que representam a época em que era sede para a fabricação de açúcar e álcool. O toque de charme fica por conta dos trilhos que atravessam o campo do local onde, outrora, trens passavam transportando os produtos.


Venha viver de perto esta história!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Pé na estrada para trilhar os rumos por si só

Decidiu viajar sozinho?  Está com vontade de desfrutar momentos pessoais e planejar novas realizações? Esse passeio é uma oportunidade de conhecer pessoas e fazer boas amizades.
Uma viagem “solitária” é superar desafios. Solidão não é algo que todo mundo consegue encarar com facilidade, mas além de uma grande experiência torna o mochileiro uma pessoa emocionalmente equilibrada, auto-confiante  e independente. Porém, é preciso ter cuidado redobrado quando for  sozinho para qualquer lugar. Então, fique atento às orientações para tornar sua viagem inesquecível.
Primeiro conheça o destino buscando informações das atrações locais, pontos turísticos, shopping centers, ruas principais e verifique se o hotel onde estará hospedado fica perto das opções que te agradam.
Há cidades em que as pessoas são sociáveis, mas não revele detalhes da sua vida para novos amigos por mais simpáticos que possam parecer.
Utilize a tecnologia a seu favor, tenha um dispositivo móvel para se conectar a internet, um MP3 para se distrair durante a andança e tenha sempre em mãos o celular com uma lista de contatos de pessoas de confiança, pois pode acontecer de você se perder, ter problemas de saúde e outros imprevistos. Quem viaja sozinho está mais arriscado a ser assaltado, por isso procure andar com pouco dinheiro, utilizando cartões de crédito.
O turismo “solitário” é um pouco mais caro, uma vez que a maioria dos hotéis não possui quartos apenas para uma pessoa. E enquanto estiver no hotel procure fazer coisas que normalmente não faria acompanhado como ler livros, etc.
O mais legal em viajar só é poder visitar os lugares que deseja, comer o que quiser , quando quiser, ou seja, optar por suas próprias vontades, o que não é possível quando a viagem é em grupo.
É importante ressaltar que o melhor lugar para se hospedar é sempre um hotel, que são recintos propícios para fazer amizades sólidas, receber convites para eventos e passeios turísticos.  Além disso, você não terá que cozinhar. Ah, e os hotéis oferecem também todos os tipos de atrativos para seus hóspedes.
Aproveite essa aventura com você mesmo!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Que venha a copa de 2014!

O setor turístico está mais em alta do que nunca, o motivo? A copa de 2014! O programa do Ministério do Turismo intitulado Bem Receber Copa vem para capacitar o setor e atingir os padrões internacionais de qualidade. E o slogan então, não poderia ser mais sugestivo: “O sucesso do Brasil na copa está em suas mãos”. Veja por que:
O Ministro do Turismo, Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho, definiu eixos de atuação do Ministério para a Copa de 2014. Um eixo fundamental diz respeito à qualificação dos profissionais que irão atuar nesse evento, promovendo a “atratividade e satisfação do turista por meio da qualificação profissional de serviços como receptivos de aeroportos, estações, hotéis, funcionários de restaurantes, motoristas de taxi e outros serviços”. Assim, o programa Bem Receber Copa tem como objetivo qualificar o setor de turismo, focando em Pessoas, Empresas e Destinos.
Para o total sucesso do evento foram definidos como fatores críticos de sucesso os seguintes setores:
1.     Alimentação
2.     Hospedagem
3.     Receptivo
4.     Segurança para o turismo
5.     Serviços em geral
Torna-se fundamental o planejamento estratégico e tático das atividades a serem implementadas pelo Ministério do Turismo, com o detalhamento do seu escopo, abrangência, pertinência, assim como a definição das prioridades e parcerias necessárias. Esse detalhamento deve ser feito no âmbito das 12 cidades-sede, sem ignorar o contexto regional no qual estão inseridas, conforme a política estruturante do ministério. O MTur destaca a importância desse evento para a consolidação do país como destino turístico internacional, mas reconhece que tal resultado só será alcançado com o planejamento coordenado e integrado das ações e dos programas de estruturação e promoção.
Por isso, um dos pilares da atuação do MTur será a qualificação dos profissionais de turismo. De acordo com as estimativas, é necessária a qualificação de cerca de 300.000 trabalhadores nas 12 cidades-sede. Nessa conta, incluem-se todos aqueles profissionais da chamada “linha de frente”, ou seja, aqueles que terão contato direto com os turistas da Copa, em diversas áreas, como hospedagem, serviços de alimentação fora do lar, agentes de viagem e receptivo, locadoras de veículos e companhias aéreas, entre outras.
Para a definição desse planejamento será necessário:
·        Rever, junto às associações de classe, os itinerários formativos de seus profissionais e construir os programas de treinamento, distribuídos em trilhas de aprendizagem que visam ao desenvolvimento das competências, conhecimentos, habilidades e atitudes – tanto comuns quanto específicas às áreas atendidas –, necessárias para a atuação eficaz desses profissionais durante o evento;
·        Auxiliar as associações de classe na elaboração dos conteúdos e materiais de apoio didático que serão oferecidos em cada trilha de aprendizagem;
·        Capacitar os instrutores das associações de classe quanto à didática do ensino, a fim de que possam atuar como multiplicadores do programa;
·        Implantar sistema integrado de gestão acadêmica, para acompanhamento e avaliação do programa.
E que venha a copa para o país do futebol!

Texto adaptado do site do Ministério do Turismo. Para saber mais clique aqui.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Debate sobre o turismo em Piracicaba

Texto adaptado da matéria de Sabrina Rodrigues Bologna, da Prefeitura de Piracicaba

O 1º Enturpi (Encontro Regional do Turismo em Piracicaba) acontece na próxima quarta-feira, dia 17 de novembro, das 14h às 17h30 no Auditório da ACIPI (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba). O evento tem entrada franca e é aberto a todos os interessados, que não necessitam fazer inscrição prévia.

O objetivo é promover o intercâmbio de conhecimento entre o setor público e privado para o gerenciamento do desenvolvimento e fomento do turismo da região de Piracicaba. Entre o público esperado, estão servidores públicos, trade turístico, estudantes e profissionais de turismo de Piracicaba e região.

Para Omir Lourenço, secretário de Turismo, realizar este tipo de evento é muito importante para a cidade. “Piracicaba está se transformando em uma cidade turística e faz parte do nosso planejamento a elaboração de palestras que fomentem o turismo, por isso começamos com este Encontro”. Lourenço ainda lembra que o assunto também será abordado durante as palestras, devido a possibilidade de Piracicaba ser anfitriã de alguma seleção durante a Copa 2014.

As palestras serão ministradas por profissionais que atuam na esfera pública estadual e federal, entre eles: Luciane Leite, presidente da Empresa Paulista de Turismo e Eventos e Márcio Nascimento, diretor do departamento de Promoção e Marketing do Ministério de Turismo.

A primeira palestra será de Luciana, que abordará o tema“O fomento do turismo no Estado de São Paulo e participação das cidades na Copa 2014”. Depois, haverá abertura para perguntas do público e uma parada para o coffee break.

Logo às 16h30, Márcio Nascimento ficará responsável pela palestra  “A promoção dos destinos turísticos no Estado de São Paulo e a preparação para a Copa de 2014”.  O público também poderá fazer as perguntas que desejar e às 17h30 acontece o encerramento.

O Enturpi tem realização da Secretaria de Turismo, com apoio da Acipi e da MBM – escritório de ideias. O Auditório da Acipi está localizado na Rua do Rosário, 700, Centro – Piracicaba.

Agora, veja porque este 1º Encontro Regional do Turismo tem tudo para fazer muito sucesso em Piracicaba :






quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Deixe o vento te levar...


Imagina presenciar uma vista desta lá de cima?

Para quem gosta de aventuras radicais, sentir o gosto da liberdade, aquela sensação de adrenalina pura ou um friozinho na barriga, pode se preparar porque a dica de turismo de hoje está nas alturas!

Sim, sim! O balonismo é um esporte que tem conquistado cada vez mais fãs e arranca olhares de todos por onde quer que passe. Também, com um show desses no céu, não tem como não apreciar!

Então, para não passar vontade e ficar só olhando lá de baixo, que tal fazer um passeio assim ?

O balão é um dos trasportes aéreos mais seguros, sem contar que sentir a brisa no rosto e não saber o destino a ser percorrido dão todo o charme e entusiasmo para este passeio.

O que está esperando? Se você é de Piracicaba ou vem pra cá, faça já sua reserva e deixe o resto por conta dos ares!

Bom passeio...
Sensação de liberdade!

Para quem já desejou algum dia poder flutuar bem próximo das nuvens, a cidade de Piracicaba oferece uma estrutura moderna, transformando esse sonho em realidade.

Sim! É claro que estamos falando do balão – a máquina mais antiga de voar – que conquista a cada dia um número maior de praticantes e admiradores.

Então vamos lá! Embarque nesta aventura! Esta é a nossa dica de turismo de hoje! Para aqueles que gostam da sensação de adrenalina e liberdade!

A base de operações dos vôos é a cidade de Piracicaba, que se localiza no interior do estado de São Paulo, distante apenas 150Km da capital, com fácil acesso através das Rodovias Bandeirantes e Anhanguera. As decolagens acontecem todos os finais de semana e feriados, sempre por volta das 7h da manhã.

Os vôos têm duração média de 1 hora e a trajetória é determinada pelas correntes de ar. Antes da decolagem é feita uma medição do vento para determinar qual será a trajetória.

Após um briefing inicial onde todos os participantes recebem as noções básicas de segurança é feito um plano de vôo e então parte-se para a aventura.

Durante todo o tempo, o instrutor vai descrevendo as mudanças de altura, direção, velocidade em função das várias camadas de ventos que serão encontradas durante o percurso. Apesar da ausência de mecanismos que direcionem o balão, o piloto determina alguns "alvos" que serão atingidos durante o vôo.

No local do pouso final é servido um lanche e neste momento aproveita-se para comentar a experiência. Para manter viva a tradição comemora-se brindando com champanhe.

Ah, e para facilitar a vida dos turistas, a empresa que realiza os passeios, a AirBrasil, faz o traslado dos passageiros dos hotéis até o local da decolagem e vice-versa.

Agora é só aproveitar e deixar o vento te levar!

Você encontra mais informações no site Balonismo Brasil. Para  fazer reservas e ver depoimentos de pessoas que já fizeram este passeio, clique aqui.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Conexão viagem

Viajar conectado exige alguns cuidados, fique atento para não ter seu computador invadido e nem ter que pagar por serviços de operadoras sem ter sido avisado.
Se você não consegue se separar do Notebook, do Celular, dos MP’s e outros equipamentos que utiliza todos os dias e na hora de relaxar eles te obrigam a escolher destinos onde haja funcionamento dessas tecnologias, você vai gostar da dica de hoje. Ela vai cair muito bem para quem não abre mão dessas ferramentas e nem de viajar. 
Manter-se conectado exige alguns cuidados, por exemplo, a conexão via Wi-Fi – rede sem fio – quando o sinal está fraco o aparelho móvel pode conectar-se automaticamente a rede 3G da operadora local, que irá cobrar pela disponibilidade de acesso sem você saber. Por isso é recomendável que seja desativado o roaming. Essas redes apresentam maiores velocidades, mas também há outras redes como o Edge e o GPRS que trafegam os dados com menor velocidade.
Com os computadores também deve-se ter cuidados, o problema é que em lugares públicos o Wi-Fi é utilizados por outras pessoas. O que você deve observar é se o seu equipamento traz protocolos de segurança, recursos como firewall, controle de acesso, filtro de conteúdo e NAT.
Para garantir uma viagem tranquila e pleno funcionamento de todos os seus aparatos indispensáveis você deve utilizar a internet em locais seguros, onde existe gerenciamento de rede e controle.
Os aeroportos já contam com esse serviço, hotéis e vários comércios também disponibilizam aos seus clientes acesso à rede tornando a garantia de permanência e a possibilidade de gerenciamento em férias.
É só se preparar e navegar, onde quer que esteja!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Um remédio para todas as idades!

Há um tempo viajar era um privilégio apenas das classes mais altas, e os menos favorecidos acabavam não tendo condições para tal regalia. Primeiro porque era muito caro e segundo porque os hotéis e as agências de turismo não facilitavam os pagamentos. Porém, hoje em dia tudo mudou. Com o crescimento nessa área e o aumento do poder aquisitivo, o setor decidiu (para poder ampliar o número de turistas) promover meios que permitissem aos demais realizarem o tão esperado sonho de arrumar as malas e se desligar da rotina.
Este plano não só deu certo, que as vagas em hotéis e pousadas, atualmente, são disputadíssima por pessoas das mais diversas classes sociais. Agora, qualquer um pode (e deve) fazer turismo. Os hotéis estão cada vez mais preparados para receber todo tipo de pessoa, independente de suas limitações ou de seus desejos e expectativas.
O que ninguém esperava é que o turismo conquistasse fãs, no mínimo, inusitados: o pessoal da terceira idade! Sim! Este é um dos grandes destaques, se não o maior, do turismo de lazer nos últimos tempos. Nunca se viu tantas opções de pacotes de viagens feitos específicos para esse pessoal que geralmente viajam em grupos e se divertem tanto quanto os jovens.
Não é a toa que o programa do Ministério do Turismo do governo, chamado de Viaja Mais Melhor Idade, deu descontos em preços e condições especiais de pagamento para as pessoas que tem mais de 60 anos ou é aposentado ou pensionista, e é um dos mais vendidos nas agências de viagens.
Afinal, viajar é enriquecer a alma, conhecer diferentes costumes, tradições, dialetos, feições. É trazer na mala uma bagagem mais relevante do que os mimos que compramos. É carregar consigo mesmo um pedaço desse quebra-cabeça que chamamos de mundo. É imprimir na lembrança o que os olhos não conseguem esquecer. É exalar o cheiro de terra, de mar, de sol, de gente.
Não importa a idade nem a conta bancária. A prescrição de hoje é: viajar, relaxar e curtir todos os momentos de sua vida. Esses, definitivamente, são os melhores remédios.


segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Sentimento de gratidão

Desde cedo, todos diziam que eu tinha natureza de viajante.Você pode até dizer que a maioria das pessoas gosta de viajar mesmo, não é? Mas comigo as viagens trazem um "não-sei-o-quê" de diferente. Encontro nas viagens lições pra minha vida. Não sei se isso acontece com todo mundo.

Nem é preciso ir muito longe. Às vezes nem preciso de um avião com poltronas confortáveis. O que eu preciso encontrar mesmo é pessoas e lugares que me façam aprender algo mais.

Gosto de gente, de barulho, de conversas. Conhecer um pouco mais da cultura de outro país, num bate papo com um taxista, com a vista da janela de meu novo quarto temporário.

Já estive em grandes cidades, como New York, conhecida por seus arranha-céus e famosas avenidas. Uma mistura de raças e uma mistura de ruídos. Já estive em outras muito pequenas, como El Chalten, uma vilazinha,  considerada a capital nacional do trekking na Argentina, que do topo de uma montanha dá pra ver onde a cidade começa e onde ela termina.


Já viajei mais de 1300 kilômetros de ônibus pra visitar uma amiga em Dourados, no Mato Grosso do Sul e mais de 26 horas para percorrer entre Buenos Aires e Bariloche. Muitos momentos me marcaram nestas idas e vindas. E lembro que uma das coisas que mais me marcam, sempre quando me encontro sozinha nestes percursos é a imagem do céu.

Quando a gente se distancia de nossa rotina, das pessoas que estamos habituadas a conviver para mergulhar em uma viagem, o que sempre encontramos quando olhamos pra cima? O céu.

Nele, encontro silêncio e paz.

Nele, posso vislumbrar os sentimentos mais belos de gratidão.

Quando olho pra ele, me sinto pequenina e grata por essa vida.

Nele encontro esperança e acredito em um mundo melhor.


Pôr-do-sol em Dourados - MS


E o melhor de tudo: a gente não precisa ir muito longe pra encontrar céus como estes!

Por isso, não deixe o dia passar sem dar uma olhadinha pro céu. Ao amanhecer ou ao terminar do dia, você poderá se surpreender com o espetáculo preparado para nós aqui na terra.